sábado, 26 de agosto de 2017

A Altice/PT é inverdadeira

As reiteradas falhas no sistema de comunicações SIRESP, da Altice/PT, sendo uma PPP, é justificação mais que suficiente, para denunciar (já) este contrato. Esta rede de emergência não deve ter nenhum objectivo de lucro. O colapso do SIRESP foi repetido e causador de inúmeros e graves constrangimentos. A evidência no caso de Pedrogão Grande deve responsabilizá-la pela mortífera catástrofe. Na RTP2, um administrador da PT disse: «A PT não falhou com o SIRESP»(!). É preciso ser e ter enorme cara de pau, para afirmar tão grosseira inverdade!, que todos os
portugueses viram. Revoltante e indigno. A pesada multa que o Governo irá aplicar à PT, no valor de 1 milhão e 400 mil euros, desmente-o e reflecte as falhas, as faltas e as interrupções que a rede SIRESP teve, enquanto lavrou a violência dos incêndios.
Exige-se que esta rede de emergência labore com competência e no cumprimento escrupuloso das suas obrigações contratuais. É para isso que recebe centenas de milhões de euros!, do (nosso) erário público.

Vítor Colaço Santos

Público - 30.08.2017
Expresso - 02.09.2017

1 comentário:

  1. Estas empresas mandam indirectamente nos países onde se instalam, porque a corrupção é a moeda corrente. Quando os governantes, que as apadrinharam e delas sacaram indirectamente milhões, estão no governo, pouco das suas falcatruas vêm à tona. No fim, o Zé Povinho é que acaba por sofrer todas as consequências.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.