quarta-feira, 30 de agosto de 2017

A HUMANIDADE DOENTE

Cada vez há mais pessoas doentes. Depressão, esquizofrenia, doença bipolar, outras. Esta sociedade tecnológica, em vez de aproximar as pessoas, afasta-as. Os smartphones, o Facebook, etc são inimigos do contacto face a face. Os indivíduos estão cada vez mais isolados ou encerrados em grupos fechados, sem abertura à novidade, à descoberta. Os media, a TV, a Internet provocam a atrofia ou autênticas lavagens ao cérebro. O império do dinheiro e do mercado torna as pessoas hiper-competitivas, mesquinhas, malévolas. A maioria já não aguenta. O consumo de fármacos explode. O ser humano está gravemente doente, caminha para um estado vegetativo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.