terça-feira, 22 de agosto de 2017

Ando a ler um livro

Ando a ler um livro impresso em 1979, do qual não vos digo o título, para não tirarem ilações quiçá negativas ou demasiadamente positivas.
Todavia, tendo em conta o que tenho observado nos últimos tempos, em que o desregramento social, comportamental e ambiental é o fruto da época, aqui vos deixo com a seguinte passagem contida no referido livro:
“Nos últimos dias, sobrevirão tempos trabalhosos: - haverá homens amantes de si mesmos; avarentos; presunçosos; soberbos; blasfemos; desobedientes a pais e mães; ingratos; profanos; sem afecto natural; irreconciliáveis; caluniadores; incontinentes; cruéis; sem amor para com os bons; traidores; temerários; orgulhosos; mais amantes dos deleites que apaixonados da verdade; que têm a aparência de piedade, mas negam a eficácia dela, e em que a tudo e a todos será manifestado todo o seu desvario”.


 José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.